Fórum com a autora Kay Pranis, é especialista em Justiça Restaurativa e Processos Circulares. Autora do livro Processos Circulares, pela Palas Athena Editora .
Data:
06-09-2011
Público alvo: Profisisonais da Educação e áreas afins
....................................................................
 
     
  OFICINAS DE MEDIAÇÃO DE CONFLITOS
Data:
13-09-2011
Público alvo: PROFISSIONAIS DA SAÚDE, EDUCAÇÃO, ASSISTÊNCIA E COMUNIDADE
....................................................................
 
     
  Ver todos eventos  



     
 

 

Áreas de atuação

 

Ação Comunitária

 

A área de Ação Comunitária é coordenada por duas agências ONU:

 

UNICEF - Fundo das Nações Unidas para a Infância
UNFPA - Fundo de População das Nações Unidas

 

As atividades conduzidas pelas duas agências já beneficiaram 65 instituições e lideranças comunitárias e cerca de 37 mil pessoas das comunidades de forma indireta.

 

UNICEF

 

A atuação do UNICEF - Fundo das Nações Unidas para a Infância está focada principalmente na proteção, respeito e garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes residentes nas comunidades urbanas beneficiadas pelo projeto no âmbito da Plataforma dos Centros Urbanos. Esta é uma iniciativa do UNICEF que tem como objetivo principal contribuir para que cada criança e cada adolescente que vive em comunidades populares de grandes cidades tenham seus direitos protegidos, respeitados e garantidos. Para alcançar este objetivo é necessária também a inclusão dos adolescentes e o fortalecimento da participação comunitária. As comunidades devem ser entendidas como protagonistas na busca de soluções para os problemas que atingem a infância e a adolescência, em conjunto com governos, sociedade civil e as empresas.

 

As ações são direcionadas por Grupos Articuladores Locais, constituídos por representantes de instituições não-governamentais, do poder público, de adolescentes e outras organizações. Suas atribuições incluem o planejamento e a execução de ações de intervenção, a mobilização e articulação da comunidade, o diálogo com redes de serviços públicos e parceiros potenciais, entre outras. Os grupos definem um Plano de Ação com as prioridades da comunidade levando em conta os dados sobre as condições de vida de suas crianças e adolescentes, levantados em consultas à sua população.

 

Os adolescentes têm como principal função fortalecer a mobilização e a comunicação local e participam de um processo constante de capacitação, aprofundando seus conhecimentos sobre políticas públicas e aprendendo a dialogar com o poder público, a sociedade civil e a mídia.

Os Grupos Articuladores Locais estão situados nas regiões de José Bonifácio, Parada XV de Novembro, Cidade A.E. Carvalho e Jardim Aricanduva.  As ações estão divididas em cinco estratégias:

 

• Articulação política
• Mobilização social
• Participação de Crianças e Adolescentes
• Desenvolvimento de capacidades
• Monitoramento e avaliação

 

UNFPA

 

O Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) baseia sua atuação em estratégias que visam o fortalecimento comunitário. A execução do trabalho fica a cargo da ECOS Comunicação em Sexualidade, em parceria com a SMADS – Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social de São Paulo e apoio da Secretaria de Participação e Parcerias do município.

 

As atividades dividem-se em ações de formação, incentivo ao controle social e promoção dos direitos sociais e políticos, com o objetivo de desenvolver a potencialidade dos indivíduos e da comunidade. Utilizando metodologia participativa e respeitando o saberes locais, foram selecionados três temas básicos: Gênero, Raça/Etnia e Juventude.  A questão de gênero é desenvolvida como eixo transversal em todo o projeto, pois é considerada basilar a todos os demais tipos de violência.

 

O trabalho é desenvolvido por meio de um grupo de representantes da Comunidade, chamado de Grupo Nuclear. Nele reúnem-se lideranças comunitárias, representantes de organizações não governamentais e governamentais, associações, movimentos e pessoas interessadas no desenvolvimento social da região. São moradores da região, que conhecem as prioridades locais, comprometidos com o bem geral, e trabalhando para transformar a realidade a sua volta. Este grupo é o responsável pela disseminação das discussões sobre os temas selecionados, além de sensibilizar as comunidades do distrito.

 

A zona leste do município de São Paulo tem uma rica história de ativismo em prol das causas sociais: a região foi palco da atuação de movimentos de saúde, moradia e habitação, dentre outros. A composição do Grupo Nuclear reflete essa importante herança histórica.

 

A fase piloto do projeto aconteceu no sub-distrito de José Bonifácio, com encontros semanais no prédio do CRAS – Serviço de Referência e Assistência Social que contaram com a participação de profissionais das áreas da Saúde, Educação e Assistência e Desenvolvimento Social. O grupo se reúne atualmente no CCMI – Centro de Cidadania de Itaquera, e é aberto a novos participantes.

 

Foram realizadas as seguintes ações e atividades:

 

- Diagnóstico de Necessidades da Comunidade

- Seleção dos eixos temáticos realizada pelo Grupo Nuclear

- Formações

- Ações de Incidência Política

- Ações do Grupo Nuclear

 

A Importância da Ação Comunitária para a Segurança Humana

 

As ações de fortalecimento comunitário são essenciais para promover a segurança humana. Por meio das atividades de formação nas diversas temáticas abordadas, as pessoas desenvolvem os seus potenciais e se fortalecem para lutar pela sua dignidade e por seus direitos.

 

As ações de incidência política permitem a elas e às suas comunidades exercer o direito de participação democrática na vida do País, exercendo o controle social e influenciando o Estado a promover políticas públicas que contemplem as várias necessidades humanas. De forma gradual, a Comunidade e seus membros vão se conscientizando da sua própria força, conhecendo melhor a estrutura governamental e possibilidades de interação.

 

Ao reforçar a ação dos conselhos, a Ação Comunitária permite aos cidadãos utilizar os instrumentos democráticos, fortalecendo o sistema de democracia participativa do País.

 

Áreas de Atuação > Educação > Ação comunitária > Saúde

 

 
   
   
   
   

 

 



HOME - SOBRE O PROJETO - NOTÍCIAS - COORDENAÇÃO E EXECUÇÃO - ÁREAS DE ATUAÇÃO - MURAL DA COMUNIDADE - HISTÓRIAS DE VIDA - BIBLIOTECA - CONTATO